sexta-feira, 25 de março de 2011

Por que registrar uma marca é tão difícil?

Quem já tentou alguma vez fazer um registro de marca no Brasil sabe que o processo é lento e, não raro, gera muitas dores de cabeça. Segundo levantamento realizado pelo escritório Manara & Associados Propriedade Intelectual, cerca de 50% de suas pesquisas para registro apontam alguma anterioridade, ou seja, a existência de um nome semelhante ou idêntico.

"Este alto índice de impedimento deve-se a dois fatores: o primeiro é o grande número de marcas já registradas e em processo de concessão. Somente no ano passado, foram quase 130 mil solicitações de registro junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), um recorde histórico no Brasil. O segundo fator é a escolha do nome. Na grande maioria das vezes, o único critério é o gosto pessoal. Sendo assim, a chance de já haver uma marca igual ou parecida é muito grande", explica a advogada especializada em Propriedade Intelectual Cecília Manara.

A especialista conta que mais de 80% das empresas que chegam até o seu escritório para registrar uma marca não realizaram nenhum tipo de pesquisa prévia. "O ideal é realizar um estudo sobre a adequação mercadológica do nome, aceitação junto aos seus públicos e viabilidade legal. Pular esta etapa pode gerar prejuízo", aconselha Cecília.

Segundo a advogada, há pouco tempo houve uma empresa que escolheu um nome, desenvolveu um conceito visual e até materiais de divulgação e somente depois procurou o escritório para registrar a marca. "Ao realizar a pesquisa de viabilidade de registro vimos que aquele nome não podia ser registrado e o prejuízo desta companhia chegou a oito mil reais", conta.

"Pelo fato do processo de registro de marca no país levar quatro anos em média, uma companhia não pode aguardar todo este tempo para começar a funcionar. Então, o que acontece é que as empresas usam o nome antes da sua concessão. Neste meio tempo, caso não tenha sido feito uma pesquisa adequada, o pedido de registro pode ser indeferido e a organização pode ter que deixar de usar a marca, o que gera muitas perdas", alerta Cecília. 
 
 
Fonte:  http://www.administradores.com.br/informe-se/marketing/por-que-registrar-uma-marca-e-tao-dificil/43490/
Temos como intuito postar notícias relevantes que foram divulgadas pela mídia e são de interesse do curso abordado neste blog. E por isso esta matéria foi retirada na íntegra da fonte acima citada, portanto, pertencem a ela todos os créditos autorais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conto com sua participação.Comente.

Postagens Recentes: